Oficina 5 – Agricultura Urbana

Oficina 5 – Agricultura Urbana

15 dez 2021 | Eventos internos | 1ª edição

Zoom – Encontro com representantes indicados pela Prefeitura e Conselho

}

10h (horário de Brasília)


LUPPA

 

Nossa quinta oficina foi sobre agricultura urbana, hortas comunitárias e hortas escolares no desenho dos sistemas alimentares locais. Seguimos nossa jornada metodológica com a evolução do mapeamento dos sistemas alimentares municipais e suas alavancas de transformação, convidando todos os participantes a pensarem sobre a seguinte questão:

Se tivéssemos orçamento e recursos financeiros e não financeiros suficientes para investir, qual projeto, iniciativa ou ação teria o maior impacto na transformação do sistema alimentar municipal da nossa cidade, a fim de que este fosse mais justo, saudável e sustentável?

Já a nossa jornada temática – onde estimulamos a troca de experiências entre as cidades do LUPPA – teve como foco o desenvolvimento da agricultura urbana e periurbana, e debatemos o papel do poder público municipal no fortalecimento das iniciativas de agricultura dentro da cidade.

Os objetivo para essa oficina foram:

  1. Fortalecer relacionamentos entre participantes da jornada do LUPPA e capacidades de colaboração
    Introduzir o tema proposto para a oficina: agricultura urbana, hortas comunitárias e hortas escolares no desenho dos sistemas alimentares locais
  2. Conhecer experiências sobre agricultura urbana e promover trocas entre cidades participantes
  3. Compartilhar os projetos, iniciativas ou ações que terão maior impacto na transformação dos sistemas alimentares das cidades participantes

A Chamada para o Debate foi feita por Daniela Adil que atua como coordenadora do Grupo de Estudos em Agricultura Urbana AUÊ!, vinculado ao Instituto de Geociências/Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte. Daniela é bacharel em ecologia, doutora e pós-doutora em geografia pela UFMG e ex-Diretora de Fomento em Agricultura Familiar, Agricultura Urbana e Abastecimento, da Sub-secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional, da Prefeitura de Belo Horizonte, que agrega programas como Banco de Alimentos, Direto da Roça, Feira Orgânica, Central de Abastecimento da Agricultura Familiar e Urbana (CAFA), Feiras Livres, ABasteCer – Alimento a Baixo Custo, Fomento a Sistemas Agroecológicos em Unidades Produtivas Coletivas/Comunitárias e Institucionais, Programa de Aquisição de Alimentos, dentre outras ações.

Veja no vídeo abaixo uma edição desta oficina, com os principais momentos trabalhados na plenária.

Materiais

Tarefas

Formulário de Avaliação da Oficina 5

Pedimos que os representantes que participaram desta oficina preencham o nosso formulário de avaliação.

Link do formulário